22 de dez de 2010

SPHC Fest: Questions, Good Intentions, Still Strong e Sangue Ódio HC - Sattva Bordô 18/12/10


Pra finalizar o ano de 2010 em grande estilo no quesito Hardcore, nada melhor do que resenhar o show de grandes bandas que representam positivamente nossa cena nacional.

No último sábado (18/11/10) os integrantes da banda Questions organizaram a décima edição do SPHC Fest para a gravação do clipe de Born and Raised e The Victory Speech, músicas de seu último álbum Rise Up, contando com a participação das bandas straight edges Sangue Ódio Hardcore, Still Strong e Good Intentions no Sattva Bordô, centro de São Paulo.

A primeira banda a abrir as honras do evento foi a do quarteto de Ibiúna Sangue Ódio Hardcore, a banda mesmo diante de um público acanhado e pequeno, mostrou um som furioso e extremamente bem feito do começo ao fim. A sonoridade do grupo não só chama a atenção pelo peso mas também se destaca pelo talento dos músicos com canções acompanhadas por vocais firmes e instrumental preciso. A banda tocou cerca de meia hora mostrando praticamente todas as músicas de seu repertório como "Nossa Vitória", "Resistência" e inclusive um cover destruidor de "Crucificados pelo Sistema" do Ratos de Porão.


Em seguida foi a vez da mulecada do Still Strong mostrar o seu potencial. Apesar de ter uma carreira pré matura, o quinteto já possui um currículo de dar inveja a qualquer banda do segmento. Bandas como a já consagrada Nueva Etica e também a falecida Have Heart já fazem parte da história do grupo. O show foi marcado pela energia dos integrantes em cima do palco junto a interação do público que não parava um segundo de pogar e subir ao palco pra cantar cada refrão. Entre as músicas do setlist estavam "Óbito", "Vegan", "Only for my Friends" e "Our Weapons", músicas de seu próximo trabalho e primeira demo.


Depois de quase duas horas desde a abertura da casa, a próxima banda a subir ao palco foi a consagrada Good Intentions, iniciando o show com as músicas "Faça por Você" e "Convicto", até essa altura do show o público já cantava enlouquecidamente, moshando e erguendo os punhos no ar. O clima era de completa descontração e animação, os discursos engajados do vocalista André sobre estilo de vida straight edge deram espaço para as músicas "Até o Fim", "My Truth" e a nova "Vida Simples". Em seguida ainda veio a inspiradora "Reconquista", "Uma Meta" e "Caminho" que já apontava o término da apresentação.


Mais tarde após uma breve espera no posicionamento das câmeras e passagem de som no palco, já era hora da banda Questions finalizar o evento. O grupo subiu ao palco carregando diversas placas de papelão com mensagens marcantes de suas canções para incrementar ainda mais sua apresentação. Enquanto os músicos tratavam de afinar os instrumentos, o vocalista Edu se encarregava de aproximar o público para começar o show com "Victory Speech", que aliás, antes de tocada teve uma orientação para que todos os presentes levantassem os braços antes do trecho "We shall rise up". O mesmo aconteceu na música "Born and Raised", só que acompanhada por uma salva de palmas rítmicas.


Em seguida ainda veio "SPHC", "Brotherhood" onde formou-se uma roda violenta e "One Way", música que sempre forma um amontoado de pessoas cantado junto com o vocalista. Além dessas ainda vieram covers poderosos de Agnostic Front, Cro Mags à pedido do público, e por fim, Sepultura pra encerrar todo aquele clima caseiro e festivo.


Se 2011 tiver shows de Hardcore tão bons e sinceros quanto esse, não há o que reclamarmos.



Fotos do Questions por: Ivan Jacaré e Renato Santander
Mais aqui no Facebook