28 de ago de 2010

Grafiteiro Kboco



Ae pessoal! Hoje vou mostrar um pouco da arte do grafiteiro Kboco. Seu trabalho está sendo exposto na Bienal até dezembro, junto com outros grafiteiros renomados.

Márcio Mendanha de Queiroz, o popular Kboco, nasceu em Goiânia em 6 de novembro de 1978, e há três anos mudou-se para São Paulo, especificamente para Vila Sônia, zona oeste, ou seja, ele é vizinho de bairro do Fel.

Sua arte começa sendo exposta nos muros de Goiânia e também Olinda (PE), e já chegou a ir para a Bienal de Valência, na Espanha, e até no Choque Cultural, aqui em São Paulo, onde Titi Freak está expondo seu trabalho também. O artista utiliza em seus desenhos formas arabescas, geométricas e, principalmente, as cores variantes entre o sertão goiano e o africano.

Pessoalmente, eu achei que as formas geométricas usadas são de um equilíbrio sensacional, e se encaixariam muito bem em qualquer cidade. É uma pena ele ter largado os muros para grafitar em galerias, mas ele disse em uma entrevista que está feliz na cena em que ele atua e que o preço alto de suas obras se dá ao alto custo que ele tem pra fazê-las, além do aluguel para pagar, como todos. Algumas de suas obras me lembraram bastante a escrita árabe, talvez pelos traços.

Ele também já grafitou ambientes de skate. Em um lugar desses, foi feito um vídeo dele pintando que ficou muito louco, dando outra cara ao lugar.




Site http://www.lost.art.br/kboco.htm
Myspace http://www.myspace.com/kboco

2 comentários:

Anônimo disse...

A terceira pintura de cima pra baixo é do artista Trampo e não do kboco

UnderKrew disse...

Valeu pelo aviso. Já corrigi