29 de set de 2010

Criolo Doido - Cálice



Homenagem do Criolo Doido a Chico Buarque e Milton Nascimento. Só de ver no vídeo já arrepia, isso ao vivo então, é para poucos merrrmão.

Deixei a preguiça e as responsabilidades do trabalho de lado e transcrevi a letra, já que não tem em lugar nenhum e é exclusivo do UnderKrew:

Corre pro trabalho sem levar um tiro
Voltar pra casa sem levar um tiro
Se as 3 da matina tem alguem que frita
E é capaz de tudo pra manter sua brisa

Os saraus tiveram que invadir os botecos
Pois biblioteca não era lugar de poesia
Biblioteca tinha que ter silêncio
E uma gente que se acha sim muito sabida

Há preconceito com o nordestino
Há preconceito com o homem negro
Há preconceito com o analfabeto
Mas não há preconceito se um dos três for rico, pai

A ditadura segue meu amigo, Milton
A repressão segue, meu amigo Chico
Me chamam Criolo o meu berço é o RAP
Mas não existe fronteira pra minha poesia, pai

Afasta de mim a biqueira, pai
Afasta de mim as biatch, pai
Afasta de mim a cocaine, pai
Pois na quebrada escorre sangue, pai

Afasta de mim a biqueira, pai
Afasta de mim as biatch, pai
Afasta de mim a cocaine, pai
Pois na quebrada escorre sangue


Criolo é doido mas não é louco! mulekepedrada

Lembrando que você pode ver todo o conteúdo postado sobre o Criolo Doido como destaque do mês clicando sobre "Destaque do Mês" no menu da direita. Também na seção de "Música", no menu da esquerda, temos uma seção com tudo o que já foi postado sobre ele no blog.


Myspace - http://www.myspace.com/criolomc / http://www.myspace.com/rinhadosmcs
Twitter - http://twitter.com/criolomc / http://twitter.com/rinhadosmcs
Orkut - http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1450201

2 comentários:

Ale disse...

Vixe.. arrepiou aqui!

Anônimo disse...

o cara arrepia
o cara é foda memo