12 de nov de 2010

90 Dias Com Mr. Catra


Produzido pela Mellin Videos, o documentário 90 Dias Com Mr. Catra acompanha a vida de Wagner Domingues da Costa, o funkeiro carioca Mr. Catra, um dos, senão o maior representante do gênero, com repercussão enorme tanto dentro quanto fora do País.

O documentário teve uma versão piloto de 27 minutos, sem finalização de áudio, cor e arte, que estava sendo usada para mostrar o trabalho a possíveis patrocinadores e emissoras interessadas em financiar o projeto, vazada para a internet, que em poucos dias teve milhões de views, e, conseqüentemente, para banquinhas de DVDs pirata, onde vem vendendo muito.

Na versão piloto do documentário, são colhidas entrevistas com Pigmeu, empresário do funkeiro, os filhos, os amigos e as mulheres (sim, no plural) de Catra, além do próprio, que fala de sua origem, diferente da maioria dos funkeiros, já que vem de família rica, além de sua primeira banda (de rock), chamada O Beco, indo até o ponto em que ele conhece o funk e entra de cabeça neste, então, novo ritmo.


Formado em Direito e poliglota, Catra discorre sobre o próprio funk, sobre sua agitada vida de shows, eventos, festas e casamentos, além da vida na estrada. Por outro lado, mostra sua vida em casa, seu cotidiano com amigos, como Marcelo D2, seu desprendimento com o dinheiro, relação com seus 24 filhos e suas várias mulheres, sendo Catra um adepto da poligamia, defendendo sua visão de que "machista é o homem que põe a mulher pra trabalhar, para ser independente".

Mostrando sua vida, dando a cara a tapa, até mesmo liberando a filmagem de consumo de drogas em sua casa, Mr. Catra demonstra coragem, mesmo podendo ter muitos de seus argumentos postos em discussão.



Ficha Técnica
Roteiro: João Pádua e Rafael Mellin
Produção executiva: Bruno Lins
Direção geral: Rafael Mellin
Direção de externa e fotografia: João Pádua
Coordenação de produção: Esther Meirelles
Produção: Priscilla Ribeiro
Edição: Daniel Ferro
Imagens: João Pádua, Marcos Salamonde e Fabio Serfaty
Assistente: Thomaz Tarre

Nenhum comentário: