19 de mai de 2010

Noção de Nada - Extremos

Não Vou Cantar Canções De Que Eu Falei

Depois de falar sobre o Deluxe Trio e o Zander, começaram a me cobrar sobre material da mais conhecida e emblemática banda do vocalista Bil, o Noção de Nada. Claro, o Noção, assim como o Garage Fuzz, Dead Fish, Reffer, Hateen, Street Bulldogs, etc. são bandas que abriram portas, popularizaram e praticamente definiram a cena atual, durante os anos 90/00.

Mas nos meus posts eu gosto de colocar coisas que não sejam "lugar-comum" em qualquer blog que você for pesquisar, a não ser em ocasiões especiais, como com o Interference, do já citado Reffer, que faria um show (que acabou nem rolando) de reunião.

Juntando essas duas idéias, venho disponibilizar o primeiro registro do Noção de Nada, o disco Extremos, de 1997. É interessante ver no topo da capa endereço e telefone (de sete dígitos) do próprio Bil para contato com a banda.

Já neste primeiro registro, apesar de as letras não serem das melhores, é possível perceber todo o potencial do som dos caras, que mistura post-hardcore, emo, elementos de reggae, ska e bossa nova, formando um som praticamente único até então e dificilmente copiado até hoje.

Pela internet, é comum encontrar uma versão deste disco com uma qualidade de som horrível (mesmo!). A versão que eu tô disponibilizando aqui é com a gravação original do cd, com o som limpo.
Alguns destaques vão para as músicas MotivosNão Que Eu Pense e Por Uns Tempos.


















01 - Caminho Desigual
02 - Pés no Chão
03 - Motivos
04 - Outra Vez
05 - Insiste em Mostrar
06 - Nada
07 - Draspé
08 - Não Que Eu Pense
09 - Se Repetir
10 - Pode Parecer
11 - Suas Promessas
12 - Por Uns Tempos
13 - Roteiros
14 - Quem É Inocente?
15 - Antigas Manobras

Download
Myspace
Tramavirtual

Nenhum comentário: